Como utilizar uma música do Apple Music no alarme do iPad e iPhone

O Apple Music chegou há quase um mês e até agora muita gente ainda está em dúvida sobre adotar ou não o serviço de músicas por streaming da maçã.

Eu, como tantos outros usuários, já usávamos concorrentes como Deezer, Spotify, Rdio, etc., embora estejamos normalmente contentes com o serviço que vínhamos recebendo, um produto com a assinatura da Apple sempre chama a atenção.

Mas será que vale a pena? Pois, algumas vantagens o ecossistema sempre irá oferecer, assim comentei dias atrás sobre os comandos da Siri para controlar o Apple Music, e hoje, vou lhes ensinar como utilizar uma música deste serviço como toque do alarme despertador do iPad ou iPhone.

Vamos lá?!

Integração, ecossistema, whatever…

O serviço de músicas por streaming Apple Music vem recebendo muitas críticas, positivas e negativas, os usuários que estão testando os três meses grátis (clique para testar) tem opiniões diferentes sobre sua experiência.

Veja bem, não sou eu quem vai defender o Apple Music, confesso que estou testando, dando uma oportunidade, mas ainda não me senti “em casa”. Prefiro o Deezer? Não sei, mas lá estão minhas listas de sempre e elas me fazem falta.

Ainda, percebo uma lentidão muito estranha no sistema, demora muito para carregar os conteúdos, enfim, pode ser que o Apple Music esteja ainda em fase de desenvolvimento e melhoria, mas nada justifica liberar o serviço sem tê-lo terminado.

Se há algo que eu realmente gosto do Apple Music é sua integração com o sistema, veja bem, no artigo de hoje vou lhes mostrar como usar estas músicas no toque do alarme, mas não se restringe a isto, trata-se de um conjunto.

Antes, para fazer essa sincronização era necessário utilizar o iTunes, enviar músicas, ou pior, pagar por elas separadamente na iTunes Store. Agora, graças ao extenso catálogo você terá um rádio relógio com 37 milhões de toques à sua disposição.

Pode procurar não tem no mercado um rádio relógio que possa competir com isso (risos)

Passo-a-passo:

Chega de papo, é hora de mostrar a coisa funcionando, é hora de colocar em prática essa teoria que até o momento é muito bonita. Afinal, como faremos para colocar qualquer música do Apple Music como toque do alarme do despertador do iPad e iPhone?

É simples, será somente necessário sincronizar offline essa canção e logo definir como toque.

abra-o-apple-music

  • Abra o Apple Music (aplicativo Música);

utilize-a-busca

  • O primeiro que você deverá fazer é encontrar pela busca do Apple Music a canção escolhida, seja um ACDC ou uma Anitta, gosto não se discute;

disponibilizar-offline

  • Ao encontrar a música toque nos (…) ao lado do nome, escolha Disponibilizar Off-line;

conferir-musica-baixada

  • Após terminar o download, confira que a música realmente está baixada;

abrir-relogio

  • Saia do aplicativo Música e abra o Relógio;
  • Toque em Editar;

toque-alarme

  • Toque no alarme correspondente;

toque-em-som

  • Toque em Som;

toque-escolher

  • Toque em Escolha uma música;

toque-artistas

  • Toque em Artistas;

escolha-artista

  • Toque no artista correspondente;

toque-no-icone-mais

  • Toque no (+);

musica-escolhida-alarme

  • A música escolhida estará marcada como alarme;

Pronto, trabalho feito agora é só esperar o alarme tocar na hora marcada e acordar de bem com a vida, ouvindo a música que lhe faz pular da cama com disposição, esquecer dos velhos tempos em que o “pé pé pé pé pé” lhe aborrecia ao amanhecer.

Vale lembrar que este tutorial somente será válido se você tiver uma conta ativa no Apple Music, e sim, ao cancelar sua assinatura você vai perder essa e todas as outras que decidiu “disponibilizar off-line”.

É até simples compreender isso, você não pagou por ela, você está “alugando”, considere o Apple Music um serviço de aluguel de músicas. Ou, compare com o Netflix, quer assistir? Tem que estar em dia com o serviço.

Conhece outro truque do Apple Music? Compartilhe conosco nos comentários.

Grande abraço, até já.

Comments

  1. Yara

    Assinei a Apple Music familiar e como não tinha nenhuma assinatura, tudo é novidade, mas o que me deixa insatisfeita no momento é o fato de frequentemente ter que clicar várias vezes numa música para que ela seja executada, caso contrário o app reinicia a primeira música da playlist, então tenho que ficar de olho até a música iniciar; muito cansativo isto.
    No mais estou gostando muito, pois aos poucos o app descobre nosso gosto musical e sempre indica playlists com coletâneas de músicas relacionadas a essas preferências.
    Até para acordar no domingo…
    Acredito que logo logo o app ficará superior aos outros, pois a Apple nunca faz as coisas pela metade!

    1. Post
      Author
      André Darugna

      Eu estou torcendo para o aplicativo melhorar, do jeito que está eu não vou continuar com o Apple Music. Realmente me parece uma excelente ideia mal executada, ainda prefiro o aplicativo do Deezer ou Spotify.

      Muito ruim isso, o serviço é excelente mas o aplicativo é muito ruim mesmo.

    1. Post
      Author
  2. Andre

    E mudar a musica do toque de chamada? Nao suporto mais esses toques ridículos.
    Grande abraço. Nunca usei Deezer ou qualquer outro, mas agora uso o Apple Music e não saio nunca mais. Amando a experiência, apesar de sair do ar algumas vezes.

    1. Post
      Author
  3. Diego

    Deezer incluído no plano da operadora??
    Bem que a TIM daqui do Brasil poderia oferecer isso tb…

    Quanto ao fato de serem 2…
    Bom, eu uso o mesmo login/senha do Deezer no meus dispositivos (ipad, iphone e mac) e tb no iphone de minha esposa pagando os R$ 14,90 mensais.

    Só nunca tentei acessar conteúdo online em 2 dispositivos simultaneamente, mas isso nunca me fez falta. Mas dá pra ter conteúdo para acesso offline baixado em todos eles sem problemas.

    Felicidades no país novo!
    Abraço!

    1. Post
      Author
    1. Post
      Author
      André Darugna

      Olá Diego, obrigado por comentar. Eu também uso o Deezer e estou ainda avaliando a troca. O fato é que vai coincidir com minha mudança de país, e tenho Deezer graças ao plano da operadora, que inclui o serviço.

      O Apple Music para mim ficará mais em conta, já que somos dois aqui em casa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *