Apple Music ou Spotify, qual é o melhor?

Há quase um mês atrás a Apple liberou sua mais nova aposta, o serviço de músicas por streaming chamado Apple Music.

A Apple criou este tipo de serviço? Não! Definitivamente o mercado já estava muito maduro e seu principal concorrente, o Spotify, oferece vantagens e desvantagens em relação ao serviço da maçã.

Para ajudar você nesse momento de terrível indecisão, vou citar as vantagens de cada um deles, para que você compare e faça sua escolha!

Afinal, qual é o melhor? Qual devemos escolher e o motivo?

O mercado da música por streaming

Foi-se o tempo em que a única alternativa aos CDs era a pirataria, o mercado amadureceu, a iTunes Store se tornou uma grande referência na comercialização de músicas pela internet, até que, uma ideia mais inteligente e com um melhor custo benefício para o usuário se tornou popular.

Estou falando dos serviços de músicas por assinatura, onde você paga uma taxa fixa mensal para ouvir e sincronizar todas as canções que desejar, dentro do catálogo disponibilizado pela empresa contratada.

Serviços como Rdio, Deezer e Spotify se tornaram populares e isso motivou a Apple a entrar na jogada, com toda sua expertise em vender músicas pela internet, com um catálogo enorme, a maçã entra na jogada para se aventurar no mercado do aluguel de faixas musicais.

Embora Rdio e Deezer realmente possuam uma base de usuários respeitável, eu inclusive sou usuário Deezer há mais de ano, o grande nesse segmento é certamente o Spotify.

Até hoje, nenhum concorrente tinha conseguido ameaçar a hegemonia do Spotify, mas com o anúncio do serviço da Apple, muita gente ficou confusa e aberta à mudança.

Mas será que vale a pena?

Vantagens do Apple Music

musica-ipad-iphone-icone
Integração incomparável com o ecossistema Apple:
É bem verdade que o nível de integração do serviço da Apple com o iOS é tremendo, venho publicando recentemente alguns artigos como aquele em que ensino a controlar o serviço através da Siri, ou então, colocar uma música do Apple Music como despertador do alarme.

A integração não para por aí, se você usa iOS, OS X ou até mesmo Apple Watch, o serviço de streaming da Apple se mostrará bastante atrativo.

Três meses grátis:
Se você está em dúvida, a Apple lhe oferece uma amostra grátis de nada menos que 90 dias. Será suficiente para saber se vale a pena e ainda, economizarás bastante dinheiro.

Plano familiar econômico:
A Apple oferece dois tipos de planos, o individual que no Brasil custa somente U$4,99 / mês e também um plano familiar para até 6 pessoas por nada menos que U$7,99 / mês. É muito barato né gente?

Em Portugal os valores são outros, chegando a €14,99 / mês no plano familiar, mesmo assim é mais barato que os €29,99 do Spotify para somente 5 pessoas.

Beats1:
Segundo a maçã essa será a melhor radio online já existente, para isso ela contratou nomes de peso que estão tocando o projeto. Eu particularmente não gosto muito desse estilo de música, mas tem quem diga que vale a pena.

Catálogo mais completo:
São 37 milhões as músicas disponíveis no serviço da Apple, contra as 30 milhões que estão disponíveis no momento no Spotify. Parece muito, mas na verdade, você nem deve perceber a diferença.

iTunes Match:
Aqui entra outro serviço da Apple que é gratuito para assinantes do Apple Music, mas que normalmente custa 25 dólares ao ano. O iTunes Match vai identificar todas as músicas que você em algum momento baixou da internet (legal ou ilegal) e fará uma sincronização com a nuvem, deixando suas músicas disponíveis para você dentro do Apple Music. Legal não!?

Vantagens do Spotify

spotify-logo
Qualidade de áudio:
Pode parecer incrível mas o Apple Music deixa a desejar no que diz respeito à qualidade de seu áudio. No Spotify são 320 kbps, já em contra-partida, o concorrente está oferecendo somente 256kbps.

Maior abrangência:
O Spotify pode ser utilizado em mais plataformas, ele hoje está disponível pela internet no site oficial, no Windows Phone, BlackBerry, Linux e ainda, iOS e Android. Já o Apple Music somente está disponível no iOS, Android, OS X e Windows (com iTunes).

Maior abrangência ao quadrado:
Pensou que era só isso? Não, o Spotify ainda está presente no PlayStation 4, Roku e algumas marcas de Smart TV.

Plataforma social de verdade:
A Apple bem que está tentando, mas vamos ser sincero, ninguém vai usar o Connect. Já o Spotify funciona como plataforma social consagrada, permitindo conectar seu serviço com as redes sociais mais populares, como Twitter e Facebook, sem tentar empurrar uma rede social nova. Assim, você pode compartilhar suas playlists, falar das músicas que está ouvindo, etc.

Considerações Finais

Você já sabe qual é o melhor? Já sabe qual escolher? Eu adoraria lhe responder essa questão, mas acredito que é extremamente pessoal esta decisão.

Vejo o Apple Music como sendo mais econômico, melhor integrado, mas, fico com uma incrível indecisão já que sempre fui usuário do Deezer e minhas listas realmente fazem falta no Apple Music.

Para quem nunca usou outro serviço deve ser fácil, mas quem está habituado com outro pode dificultar a decisão.

Em setembro vou mudar de país, vou perder meu Deezer que sempre esteve incluído no meu plano de celular, como um “extra” pelo plano de dados que contrato (6GB). Será então outubro o momento de realmente decidir para onde vou correr.

E você? Qual sua opinião? Está gostando do Apple Music?

Grande abraço, até já.

Comments

  1. Yara

    Com a atualização que teve, o principal problema que eu estava sentindo foi corrigido. ( Quando eu clicada numa música, o aplicativo insistia em tocar sempre a primeira música , aí era necessário ficar tocando na música desejada para ela iniciar.
    Ainda acho que as músicas ainda demoram para iniciar, e às vezes o aplicativo fecha do nada! É óbvio que isso logo será corrigido e como eu nunca assinei nenhum plano de músicas, já me acostumei e agora acho demais, muito intuitivo e simples.
    Clicando nos corações que aparecem em cada música, damos ao aplicativo opções de sugestão para novas indicações de artistas e playlists Apple de acordo com nosso gosto musical; ouvir as músicas off-line é muito legal para quem não tem internet no celular.
    Vou continuar assinando após o período de testes.

    1. Post
      Author
  2. Paulo

    Oi André, td bem ?
    Você falou que o Apple music está disponível no Android, mas não o achei na play store.
    Por acaso tem outro nome o aplicativo ?

    1. Post
      Author
  3. Alexandre Godoy

    Oi André.

    Por favor, já usava o iTunes Match antes do Apple Music, que pretendo assinar após os três meses de teste grátis. Será que posso cancelar o pagamento da anuidade de $25 USD do iTunes Match?
    Adoro músicas e estou amando o Apple Music, nunca usei os concorrentes; minha sensação é que a vida é curta para ouvir tudo o que estou descobrindo!

    Parabéns pelo ótimo trabalho!
    Alexandre Godoy

  4. Fábio

    Nenhum dos dois. Usei o Rdio por muito tempo, mas o app vivia fechando sozinho ou não abrindo. Decidido a mudar, testei o Spotify, Deezer e agora o Apple Music. Embora eu também tenha o iTunes Match, não troco o Deezer por nenhum deles: app não dá pau, maior variedade, letras das músicas, uso direto no navegador e eu e minha esposa usamos simultaneamente, cada um em seu iPhone pagando apenas 01 assinatura.

  5. Alan

    Tenho Spotify Premium e também curto um grave mais aparente, por isso estou preferindo manter, mas de vez em quando dou uma passada no Apple Music… Também não sou especialista, principalmente em comparar dois formatos de arquivos. O que sei do MP3 e que a grosso modo ele “corta” do arquivo digital as frequencias que não conseguimos ouvir, por isso o arquivo ficar menor. Porém os graves mais bacanas a gente “sente” e não propriamente ouve, talvez por isso se tem a impressão que o som do Spotify seja melhor… Ou talvez seja melhor mesmo. Se algum especialista no assunto passar por aqui e quiser compartilhar, agradecemos.

  6. Diego

    Como já postei antes, sou apaixonado pelo Deezer e achei a plataforma da Apple Music meio confusa.
    A do Deezer é mais enxuta, objetiva.
    Não pretendo trocar um pelo outro.

    Só fico curioso com a possível chegada do Tidal do Brasil. Queria experimentar um serviço de streaming com qualidade de audio Hi-Fi.

    Gosto muito de música erudita e som do Deezer, Spotify e Apple Music, embora seja bom, ainda não se compara com o de um CD, em se tratando de música orquestrada.

    Para música popular e instrumentos solo, não faz tanta diferença.
    Mas para orquestra ou música de câmara faz diferença…
    E como faz.
    Por isso ainda não abandonei o CD.

    André, por acaso vc conhece rumores sobre a possível chegada do Tidal no Brasil?

    Abraço!

  7. Amilcar

    A qualidade do Apple Music é melhor. Vi alguns comentários de gente que entende, que disseram que os 256 AAC é mais do que os 320 mp3 e ainda ocupa menos espaço. Entretanto, essa qualidade maior é imperceptível nos fones comuns que usamos. Tudo isso eu li nos fóruns, realmente não entendo desse assunto, mas acho que nesse ponto há equívoco no post.
    Com relação a ambos os serviços, só usei spotify e agora o Apple Music. Nunca curti muito o Spotify. O Apple Music caiu nas minhas graças, eu, particularmente me adaptei melhor ao aplicativo. Achei bem fácil de usar e intuitivo. O Spotify eu nunca curti, mas sempre gostei do som mais grave nos fones originais do iPhone.
    No final das contas, por pura adaptação mesmo, me senti mais à vontade no serviço da Apple e com ele seguirei. Acho que tem bastante campo de evolução.
    Ah, o conect eu nunca usei, é como se não existisse.
    Tema do post muito bom e está longe de esgotar o debate.

  8. Katia Freitas

    Olá André,

    Tudo bem? É muito bom acompanhar seu blog, sempre com ótimas matérias.
    Ainda não estou experimentando o Apple Música, porém sou assinante Spotify e Deezer, adoro !!

    Fiquei na Dúvida… Por que não pode continuar com o Deezer, sei que recebe o benefício pela operadora, mas creio que pode assinar $$ e continuar desfrutando da sua conta…. Não é ?!?

    Abraços, parabéns

  9. Rhay

    Olá, sobre a qualidade da música, esses 256 kbps, não seria como o do formato Acc ( padrão da apple) que é equivalente ao 320kbps do MP3?

  10. Ana

    Olá André!
    Estou a experimentar o Apple Music durante os três meses grátis e estou a gostar muito, inclusive das sugestões (talvez porque vou mais pela música clássica e o jazz é mais seguro e não me aparecem os Tiriricas portugueses ). Também estou estou a gostar do facto de ter toda a minha biblioteca acessível nos meus dispositivos, ficando com os meus CDs disponíveis sem ocupar espaço (de memória ou físico). Isso é o que o ecossistema Apple tem de bom, não é? Porém, quando chegar ao fim o período experimental não vou assinar, pois a minha operadora de telefone e Net oferece um serviço idêntico, ainda que não comparável totalmente, sem custo, incluindo a oferta de 10 músicas grátis por mês (que equivalem a compras, não é aluguer). De qualquer modo, aconselharia bastante o Apple Music a qualquer um.
    O texto foi longo… Um abraço de Portugal e um obrigada também pelo seu trabalho.

    1. Post
      Author
      André Darugna

      Olá Ana, obrigado por comentar.
      Bacana, pois é minha operadora de celular oferece Deezer gratuitamente para planos de mais de 4GB por mês.
      Como vou me mudar para Madri em setembro, ainda não sei o que contratarei, pois vou procurar algo que seja conveniente também por lá, para ter o benefício sem pagar por ele 😉

      Grande abraço, até já.

  11. Diogo Nunes

    Atualmente uso o Spotify Premium e estou testando a Apple Music… No momento, não estou vendo vantagens em trocar o Spotify pela Apple. O segundo tem 7 milhões de músicas a mais, mas sinceramente, não noto diferença. Minhas bandas preferidas estão nos dois. Não gosto da Taylor Swift, então para mim é até melhor que ela não apareça no Spotify (hehehehehe)! Quando lançam um novo single, lançam nos dois serviços.

    As recomendações de músicas do Spotify me agradam muito mais do que a Apple. E isto que já preenchi aquele sistema deles de recomendações várias vezes. Mesmo assim, me oferecem gêneros musicais que não gosto.

    O Connect é uma porcaria e só ocupa espaço no App. Atualmente, há uma gambiarra para tirar, mas já disseram que no próximo iOS vai ser obrigatório conviver com ele.

    Então, se tu não gosta de Taylor Swift, acho o Spotify bem mais atraente!

    1. Post
      Author
      André Darugna

      Eu também estou nessa, gosto muito do Deezer. Para mim, o sistema de sugestões da Apple é uma furada.
      Saiu Tiririca, Tonico e Tinoco e sei lá mais quanta barbaridade pra mim… Sou brasileiro, tenho que curtir essas paradas?
      Pode isso Arnaldo?

    1. Post
      Author
  12. Catarina

    Olá André,

    Estou usando o Spotify há aproximadamente 3 meses. Tentaram me convencer de usar o Deezer, mas não me adaptei.

    Talvez a adaptação com o Apple Music seja mais fácil mas, há um porém.

    A Apple cobra em dólares e, além da conversão para o real pagamos mais 6% de imposto. Sempre comprei músicas e aplicativos sem problemas só que com a cotação atual acho absurdo pagar em dólares.

    Ó Spotify, e também o Deezer, me permite pagar em reais através do site. No momento estou preferindo assim. E compro aplicativos quando realmente me interessa (já fazia assim antes mas agora restringi mais).

    Por enquanto vou de Spotify.

    1. Post
      Author
  13. Evandro Barreto

    André, uso Spotify há um tempo mas vou mudar para o Apple Music para usar o serviço do itunes match…já consegui colocar toda a minha biblioteca, mas como não usava o Match antes, preciso de uma dica…alguns albuns ao vivo que tenho e não tem correspondente na Apple, quando faço o upload das músicas ele acaba fazendo a correspondência com a mesma música, porém com a versão de outro álbum e não ao vivo que eles não tem…como resolver isto? Tem jeito simples?
    Obrigado
    Evandro

    1. Post
      Author
  14. rafael varela

    eu tb vou de deezer e esperar até morrer de certeza que vale a pena abandonar minhas playlists garimpadas ao longo do tempo para recomeçar em outro aplicativo.

    1. Post
      Author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *