7 conselhos para quem está pensando em comprar um iPhone usado

Hoje vou dar algumas dicas para quem está pensando em comprar um iPhone usado. Algumas pessoas não sabem o que devem revisar antes de comprar um iPhone ou qualquer outro dispositivo iOS.

As dicas de hoje serão baseadas em experiências pessoais na compra de aparelhos usados, como também conselhos básicos para você não cair em nenhuma furada.

Além das recomendações para verificar a qualidade do aparelho, vale lembrar que há no mercado centenas, talvez milhares de iPhones que foram roubados ou até mesmo, sem má intenção, não foram configurados corretamente para que você possa tirar maior proveito dele, podendo criar sua própria conta ID Apple, que lhe permitirá baixar aplicativos, atualizar o dispositivo, ou até mesmo reseta-lo às configurações de fábrica / entenda-se por “formatar” o aparelho.

Assista ao conteúdo

* Inscreva-se no canal para não perder nenhum vídeo.

1) Verifique as condições externas do dispositivo

Além da aparência, que pode ser verificada por arranhões no corpo ou tela do aparelho, é sempre bom verificar que todos os botões funcionem perfeitamente, principalmente o botão Home, que costuma dar problemas em dispositivos como o iPhone 6s, 6s Plus, iPhone SE, 5s, 5c ou inferiores.

  • Teste os botões de volume, veja se aparece o indicador na tela.
  • Teste também o botão de silenciar o iPhone, que é essa pequena chave acima dos botões de volume.
  • Veja se o botão de liga/desliga funciona perfeitamente.
  • Teste o botão Home, e se o dispositivo conta com Touch ID, peça para a pessoa mostrar que ele está funcionando, desbloqueando o aparelho com a impressão digital. Esse é um botão muito importante pois se ele foi trocado, saiba que não funcionará o reconhecimento da impressão digital, somente o botão original do aparelho funciona para esta função.
  • Em aparelhos anteriores ao iPhone 7, verifique que o conector de fones de ouvido funciona perfeitamente.

Estes são passos básicos para saber que o aparelho está em boas condições, se o vendedor se recusar ou estiver pressionando para que a venda seja rápida, eu recomendo que você deixe a empolgação de lado e não compre o aparelho. É uma prática bastante comum dos pilantras querer usar da emoção do comprador e tentar acelerar a venda para engana-lo. Se a pessoa é honesta, com certeza irá lhe mostrar tudo com gosto, até mesmo lhe ensinará a usar o aparelho se for seu primeiro iPhone.

2) Verifique especialmente a tela

A tela dos iPhones em geral costumam ter uma qualidade bastante boa, cores fortes, nitidez, brilho. Telas que foram trocadas não possuem tamanha qualidade. Essas características são muito difíceis de identificar, principalmente se você não tem experiência com iPhones. Mas, veja de perto, procure utilizar a tela para verificar que o painel está funcionando, abra pastas, toque em aplicativos, faça o gesto de pinça para ver que tudo está em perfeitas condições. As cores devem ser bem definidas, brancos bem brancos, não amarelados, o brilho máximo deve ser super brilhante, para que você consiga ver as cores inclusive fora de casa, em um dia ensolarado por exemplo.

De todas formas, se o vendedor for honesto e lhe comentar que trocou a tela, tudo bem, você precisa nada mais pedir um desconto por isso, já que não se trata da tela original.

Se o iPhone que você está comprando tem 3D Touch, verifique o bom funcionamento dele. O 3D Touch é uma tecnologia de pressão na tela que alguns iPhones possuem. Os iPhones que contam com este recurso vieram a partir do iPhone 6s, incluindo ele evidentemente e os seguintes: 6s Plus, 7, 7 Plus, 8, 8 Plus, iPhone X, Xs e Xs Max. Os iPhones SE e Xr não possuem este tipo de tela.

Como verificar? Simples, aperte firme / com um pouco a mais de força sobre um ícone da tela inicial, você verá que aparecerá um novo menu acima do ícone. Tente fazer o mesmo toque com pressão numa foto, para ver se ela aparecerá em uma janelinha.

3) Veja o estado / saúde da bateria do iPhone

É comum que um aparelho usado não ofereça mais 100% da carga que tinha quando foi comprado, novo na caixa. Mas, vale a pena saber qual é a quantidade de carga que este dispositivo está retendo para saber se você terá que investir numa bateria nova em breve.

Este iPhone 6s que tenho em mãos está retendo 68% da carga original, ou seja, está oferecendo somente 2/3 da carga total, algo que realmente incomoda no dia a dia já que dificilmente se consegue mais de 3 ou 4 horas de uso / tela ligada.

Para verificar isso é muito fácil, graças às atualizações recentes do iOS, basta você acessar o aplicativo de Ajustes e lá tocar em Bateria. Depois em Saúde da Bateria. Veja que aqui antes de entrar ele já avisa que a bateria precisa de Manutenção, que quer dizer “troca”. Toque e depois veja a informação completa, aqui fala capacidade máxima de 68%. Abaixo você tem um aviso de que a saúde está significativamente degradada e que um serviço autorizado pode substituir para você, para recuperar a duração.

Talvez um valor mínimo que eu recomendaria seria 80%, algo que poderia durar até 1 ano a mais sem tanto problema.

4) Verifique as câmeras

Outro ponto muito importante é tirar fotos para ver a qualidade das mesmas. Verifique que tanto a câmera traseira, quanto a câmera frontal, não possuam riscos, já que isso faz com que as fotos saiam meio borrosas ou até mesmo que o dispositivo tenha dificuldade para focar.

Veja se o flash está funcionando.

Veja também se o áudio capturado no vídeo é de boa qualidade, o que pode indicar que o microfone não funciona direito, se o som não foi limpo e de boa qualidade.

5) Verifique o funcionamento dos microfones

Ao gravar um vídeo, ou usar o gravador de voz, o som deve ser captado com boa qualidade. Se o som não estiver claro, pode ser que esse iPhone tenha caído, ou até mesmo sido molhado. Atenção especial para os iPhones 5, 5s, 6, 6s e as versões Plus deles, pois esses não possuem nenhuma proteção contra água. No caso de terem sido molhados os microfones podem ficar abafados.

Na hora de testar somente tenha cuidado para não tapar o microfone, pois acontece muito isso. A pessoa coloca o dedo abaixo do iPhone para segura-lo com maior cuidado e termina tapando o microfone sem querer.

Um alerta para quem está interessado em comprar iPhones 7 ou 7 Plus, recentemente ficamos sabendo de uma leva de iPhones destes modelos que apresentaram problemas de áudio depois de uma atualização do iOS 12.

Meu iPhone 7 infelizmente foi contemplado com este problema e está basicamente servindo como um peso de papel. Arrumar custa caro e a Apple não reconhece a garantia dele pois já pegou água, já foi trocada a tela, enfim… não tenho um cuidado muito especial e me ferrei. Lição aprendida, usar sempre capinha, não abusar da suposta proteção contra água, ela é somente emergencial, não significa que você possa tirar fotos debaixo d’água.

6) Verifique que o IMEI não esteja bloqueado

Um ponto muito importante é verificar se esse dispositivo não foi informado como roubado, o bloqueio do IMEI é um registro internacional feito pelas operadoras de telefonia. Ao reportar um dispositivo como roubado o usuário deverá informar o IMEI do aparelho, para que este seja bloqueado e não possa ser registrado nunca mais em nenhuma operadora.

O IMEI é como se fosse o CPF do aparelho, é um número único que cada dispositivo possui. Não existem IMEIs repetidos, portanto, é seguro fazer essa procura para verificar que o iPhone em questão esteja limpo.

Para verificar o IMEI do dispositivo acesse https://consultaaparelhoimpedido.com.br.

Ao entrar no site, toque no botão BROWSE IMEI. Digite o número para verificar se ele está limpo.

Para compras pela internet, se o vendedor for honesto ele não terá nenhum problema de lhe enviar o número do IMEI, mas tome cuidado, compras pela internet são sempre uma caixinha de surpresas.

Ele pode lhe enviar o IMEI de um telefone limpo, mas te enviar um aparelho bloqueado. Nestes casos eu sempre recomendaria comprar com segurança, se for no Mercado Livre, utilize o seguro do Mercado Pago, por exemplo.

Evite sites que não possuem este tipo de segurança e acreditem, mesmo com esse seguro você poderá ter muita dor de cabeça.

7) Verifique que o iPhone não esteja bloqueado no iCloud

Essa é sem dúvidas a coisa mais importante na hora de comprar um iPhone ou iPad usado, saiba que se o dispositivo não estiver livre de alguma conta do iCloud ele poderá parar de funcionar a qualquer momento.

O bloqueio de dispositivos pelo iCloud é um recurso de segurança, todo usuário pode bloquear o aparelho à distância. Esse recurso deve ser utilizado em caso de roubo ou perda do aparelho, para que ninguém possa ter acesso ao conteúdo dele.

Antes de comprar, peça ao vendedor que entre nos Ajustes, toque na conta do usuário, vá em iCloud e lá desative o Buscar iPhone. Muito importante este passo pois se ele não tiver a senha do iCloud do telefone não será possível realizar esta tarefa.

Além do mais, esse é um passo imprescindível para que você possa formatar o aparelho e começar a utilizá-lo com sua conta ID Apple.

Depois de desativar o Buscar iPhone, e antes de você comprar efetivamente, peça ao vendedor que vá em Ajustes, Geral, Redefinir e por último Apagar Conteúdo e Ajustes.

Aparecerá uma tela falando sobre o Backup do aparelho, toque em Apagar Agora.

Você não deve se preocupar com o conteúdo, já que ao realizar esta formatação o aparelho virá como se fosse zero de fábrica. Não caia na lábia de “não vamos formatar para que você tenha meus aplicativos comprados, etc.” é cilada Bino.

A única forma de um iPhone ser seu realmente é formatando e configurando do zero. Ao terminar a formatação, você será recebido com uma tela de boas vindas em vários idiomas. Siga as instruções da tela para criar seu ID Apple ou faça login usando uma conta sua, se já tiver uma.

Considerações finais

Espero que com estas dicas você consiga comprar um iPhone usado em bom estado e sem correr riscos de cair em algum golpe. Fazer compras de usados pela internet nem sempre é seguro, você deve se ater aos mínimos detalhes para poder separar o joio do trigo.

Se ficou alguma dúvida, por favor utilize o campo dos comentários. Responderei o mais breve possível.

Grande abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *