10 mitos de tecnologia que você provavelmente acredita

Hoje quero compartilhar com vocês alguns mitos de tecnologia, que serão bastante úteis para que você possa utilizar de maneira mais inteligente seus dispositivos como o iPhone, iPad ou qualquer outro smartphone Android.

Alguns mitos são tão disseminados que se tornam praticamente uma verdade, já que muitos usuários acreditam e seguem religiosamente para tentar não prejudicar seus aparelhos. Espero que este texto e vídeo sejam de utilidade, e que de hoje em adiante você consiga tirar 100% de proveito do dispositivo sem medo algum de danificá-lo.

10 mitos em vídeo

Se ainda não é inscrito no canal, clique aqui para não perder nenhuma novidade.

1. Carregar o telefone a noite toda estraga a bateria

Não, as baterias atuais de íon de lítio são inteligentes e sabem a hora de parar de carregar, uma vez que a bateria alcança 100% da carga. Além disso, as baterias dos telefones se degradam ao longo do tempo, algo que é compreensível e normal, você pode considerar comum o desgaste de 10% da bateria por ano.

2. Ao comprar um dispositivo novo preciso carregar 100% antes de usar

As baterias antigas, dos famosos tijorolas realmente exigiam ser recarregadas antes do uso. Porém, as baterias atuais já estão preparadas para seu uso, foram inclusive testadas e realizados alguns ciclos de carga para comprovar seu perfeito funcionamento. Portanto, ao comprar seu iPhone ou qualquer outro smartphone, saiba que é só tirar da caixa e ser feliz.

3. Fechar os aplicativos abertos faz a bateria durar mais

Este mito foi difundido por muito tempo, e inclusive acreditei nele por um bom tempos. Porém, atualmente está mais do que claro e exposto que fechar os aplicativos não faz seu smartphone economizar bateria, muito pelo contrário, há indícios de que além de gastar mais energia, faz seu telefone ficar mais lento.

Isso acontece pois ao iniciar um aplicativo o telefone necessite mais recursos do que somente retomar um aplicativo que está congelado e guardado na memória ram.

4. Melhor especificação significa melhor smartphone

Este mito é muito difundido e utilizado em comparações de números para diferenciar aparelhos, porém, é totalmente errado pois o que realmente conta é o desempenho final.

A otimização dos aparelhos e do sistema operativo é o que define o rendimento, outros fatores também influenciam, como por exemplo o aplicativo que está sendo usado, a resolução da tela, etc.

Muitas pessoas comparam somente os números e isso não se reflete no uso, não é porque um iPhone tenha 3 ou 4GB de ram, que ele roda mais lento que um Samsung com 8GB de ram.

Falando em memória ram, um mito extra aqui, as pessoas acreditam que maior memória ram significa maior velocidade, mas a realidade não é bem assim, quanto maior a memória ram mais aplicativos poderão ser abertos em segundo plano. O smartphone com maior ram pode normalmente aguentar mais apps abertos e prontos para voltar ao ponto onde o usuário parou de usá-lo, sem fazer uma nova carga de informação.

5. Mais megapixels tira melhores fotos

Outro mito clássico mas totalmente errado, é que um smartphone com câmeras de maior número de megapixels tira melhores fotos. Na verdade, megapixels somente diz respeito a uma característica da foto, o tamanho final do arquivo em píxels.

As câmeras dos smartphones possuem outras tantas características que as fazem melhores ou piores que a concorrência. Uma delas é a qualidade em si da lente, o tamanho do sensor, a captação de cores e até mesmo, a otimização do aplicativo da câmera.

Essa do aplicativo da câmera é muito visto no mundo Android, alguns aplicativos que já vem instalados nos smartphones tiram piores fotos que o aplicativo Gcam, da Google, usuários que instalam esse aplicativo conseguem melhores resultados com o mesmo hardware, ou seja, a mesma câmera.

6. Wifi e sinal de rede móvel (3G, 4G e até 5G) causa doenças

Muita gente costuma falar que estar exposto aos sinais das conexões sem fios dos smartphones pode causar doenças e até mesmo câncer. Este mito foi totalmente desmentido pelo World Health Organization e a FCC dos Estados Unidos.

Não irá causar nenhum dano, e até mesmo um microondas emite sinais mais perigosos.

Sobre o 5G recentemente grandes portais de notícias publicou relatos de aves que morreram durante testes desta nova tecnologia, ao final, foi comprovado que a morte dos pássaros ocorreu em uma época onde não havia sido realizado nenhum teste.

Mais recentemente a FCC confirmou que o 5G não causa nenhum dano e aprovou a entrada da nova rede.

7. Uso de telefones durante vôos é perigoso

Todo mundo que já pegou um avião ouviu o pedido de desligarem os aparelhos ou colocarem no modo avião. Tem quem pense que isso poderia até mesmo derrubar a aeronave. Não que seja lindo falar, mas já deixei ligado completamente e ainda estou vivo, esqueci, pois é.

A FAA (Federal Aviation Administration) indica que as ondas dos produtos que utilizamos, como os smartphones, não são as mesmas ondas que circula a comunicação das aeronaves. Inclusive já há empresas de Linhas Aéreas que permitem o uso dos smartphones durante todo o vôo sem problema algum.

Se fosse algo realmente perigoso não seria somente avisado pelo interfone, sabendo que um avião pode acomodar facilmente 200 pessoas ou mais.

8. Modo privado / anônimo é balela

Existem pessoas que acreditam que ao navegar utilizando os modos privados ou anônimos dos navegadores estão protegidos e tudo o que fizerem não ficará registrado. Isso é totalmente mentira.

Por mais que o histórico da navegação não fique armazenado no aparelho, o tráfego de rede utilizado nestes modos ainda será possível de ser rastreado pelo ISP (companhia que oferece o serviço de internet) a través do número do IP e endereço do site que foi visitado.

9. Quantas mais barrinhas, melhor o sinal

Esse mito é até fácil de entender pois de certa forma ele é real, se você estiver numa região com baixo sinal, possivelmente a comunicação fique com pior qualidade e a velocidade da navegação seja comprometida. Porém, você pode ter todas as barras cheias e mesmo assim não funcionar a internet, por exemplo.

Isso ocorre em regiões com alta demanda, como um estádio, um shopping, show, etc. As torres de comunicação possuem um limite de conexões simultâneas, em lugares muito concorridos será fácil identificar que barrinhas cheias não significam melhor sinal.

10. iPhones não pegam vírus

O mito consiste em afirmar que o iPhone é totalmente seguro, porém, não há nenhum sistema no mundo que não possa ser violável. Embora os iPhones sejam bastante seguros pelo sistema em si ser bastante fechado, eles podem ser alvo de vírus, principalmente se estiverem desbloqueados com jailbreak.

A maioria dos vírus para dispositivos móveis são criados para dispositivos Android, pela base de usuários imensamente maior, como também pelo fato de ser mais fácil instalar um aplicativo fora da loja oficial. Mas isso não significa que os iPhones sejam 100% seguros.

E aí, me conte qual destes mitos você acreditava ou já ouviu falar?

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *