Vale a pena usar apps de cashback?

Uma tendência no exterior está chegando com muita força no Brasil são as compras e pagamentos com cashback, uma forma inovadora de oferecer descontos ao consumidor, que é bastante atrativa. A ideia é que, ao realizar uma compra, o cliente recebe parte do valor pago de volta, normalmente algo em torno de 2% até 7%. Mas, estas faixas variam significativamente, sendo que são comuns promoções onde o valor do retorno atinge os 50%.

As empresas de cashback mais populares no Brasil são a Méliuz, BeBlue e a Ame Digital. Cada uma delas tem suas particularidades, porém, o importante mesmo para o usuário é que os estabelecimentos varejistas, online ou físicos, sejam parceiros das empresas de cashback. Felizmente para os consumidores daqui, já existem milhares de estabelecimentos e serviços que aceitam pagamentos com cashback ou que possuem seu próprio plano de reembolso. Desde lojas de venda de roupas, acessórios, artigos esportivos, eletrônicos, móveis e eletrodomésticos e até mesmo os cassinos online dedicados ao público brasileiro já oferecem bônus de cashback. Ou seja, a tendência pode até ser nova, mas ninguém quer ficar de fora da mesma.

Alguns oferecem liberdade…

Inicialmente, temos o maior aplicativo de cashback do Brasil, o Méliuz. Seus fundadores criaram o mesmo após bastante insatisfação com os programas de fidelidade e de pontos dos cartões de créditos. Isso porque, na maioria das vezes, os pontos não são suficientes para que o usuário realmente faça uso dos mesmos. Sem considerar que as opções de resgate dos pontos costumam ser limitadas.

Apps de cashback no iPhone

Atualmente, o site funciona oferecendo cupons de desconto, sendo alguns exclusivos, e sites e lojas parceiras oferecem o pagamento com cashback. São mais de 1600 estabelecimentos comerciais parceiros em todo o Brasil e o consumidor pode resgatar seu saldo assim que o valor ultrapassar R$ 20.

Outra empresa de cashback que vem se popularizando no país é a Ame Digital. Mais robusta, trata-se de uma conta digital dedicada ao pagamento das suas contas em sites parceiros. Você pode cadastrar seu cartão de crédito no app ou, se preferir, pode fazer depósitos e transferências para ter um saldo na sua conta digital para utilizar em futuras compras.

Uma das desvantagens do Ame Digital, no momento, é a quantidade extremamente limitada de lojas parceiras. Embora três dos principais e-commerces do país permitam o pagamento com o app, este número é muito baixo se comparado às outras empresas do setor. Para compensar as promoções de altos valores de cashback da Ame são bem frequentes.

Outros são mais restritos

Se existem apps que permitem que você saque o dinheiro e utilize da maneira que quiser e bem entender, existem alguns que preferem limitar suas opções de utilização do recurso. Esta é a maneira mais fácil de garantir parcerias com os lojistas e ter sustentabilidade no negócio, afinal de contas, agindo desta maneira, incentiva-se o consumidor a utilizar o cashback na compra de outro produto na loja, aumentando as chances de fidelização.

Quando apresentado desta maneira, o cashback acaba sendo parecido aos já populares programas de pontos. A própria Apple fez algo similar ao oferecer cartões de presente em vez de dar o desconto real em seus produtos. Para o consumidor, no entanto, esta prática limita muito suas opções e só é realmente válida se a rede de estabelecimentos for ampla o suficiente.

No Brasil, a BeBlue opera desta maneira, todo saldo gerado com compras a partir do cashback deve ser utilizado através do próprio app. Com milhares de lojas credenciadas, o usuário até tem opções diversas para utilização do seu saldo acumulado, mas é importante frisar que é impossível realizar o saque dos valores recebidos com o cashback.

Existe alguma desvantagem na utilização de cashback?

Restrito ou não, receber descontos nas compras é sempre uma vantagem. Isso nos leva a perguntar se existe alguma real desvantagem para quem utiliza aplicativos de cashback. E, a resposta é: depende. Primeiramente é importante falar da privacidade. As empresas de cashback disponibilizam dados dos usuários para os sites parceiros. Mas, de acordo com elas, as informações de consumo são passadas de forma que preserve o anonimato do usuário.

Além disso, você precisa inserir seus dados de cartões de crédito e/ou débito no aplicativo para utilizar o mesmo. Assim, caso haja alguma falha de segurança, seus dados estarão expostos. Mas, embora essas falhas ocorram, as mesmas são raras e o simples fato de cadastrar seus dados em uma loja na hora do pagamento comum (sem cashback) tem riscos similares.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *