Em setembro desse ano, a Apple lançou a mais nova e mais robusta versão do iPhone. A empresa se mostrou bastante confiante nas vendas da novidade e produziu uma grande quantidade de iPhones 7. A resposta foi positiva e o smartphone é um dos mais vendidos do momento.

Lançado no dia 7 de setembro, o iPhone 7 veio com boas novidades como Chipset A10 Fusion 64 bits, 2GB de RAM, armazenamento 32GB (mínimo), 128GB e 256GB, câmeras totalmente novas e potentes (iPhone 7: câmera traseira com 12MP (abertura f/1.8) e frontal de 7MP e iPhone 7 Plus: câmera traseira dupla com 12MP (abertura f/1.8 no sensor principal) e frontal de 7MP), filmagem em 4k e resistência à água e poeira.

Para mostrar um pouco do poder das novas câmeras e lentes do iPhone 7, a Apple resolveu criar um novo comercial inspirado em Romeu e Julieta, obra de William Shakespeare. Nas cenas, o novo iPhone é comparado a uma câmera de cinema, alternando entre conteúdos de uma peça infantil e uma espécie de filme. O comercial mostra duas crianças atuando como Romeu e Julieta enquanto o pai filma tudo com seu iPhone 7 Plus. A intenção da empresa é claramente dizer que os vídeos gravados com os novos iPhones são mais do que apenas “vídeos gravados no celular” e sim verdadeiros filmes.

Confira o novo comercial da Apple:

O foco do iPhone 7 é realmente a nova câmera, algo bastante criticado em modelos anteriores e dito “ultrapassado” em relação aos concorrentes. Nos modelos iPhone 7 a história parece ser diferente. Além de possuir estabilização óptica e HDR, a nova câmera foi totalmente reprojetada para produzir uma vasta gama de cores com alta qualidade.

Claro que algumas outras características do novo iPhone também são destacadas pela Apple em seus anúncios. Dentre as quais podemos destacar as novas funções do iOS 10, maior autonomia de bateria e processamento otimizado. Mas, pelo histórico de embates com concorrentes em relação à câmera, esse quesito tem claramente um apelo maior da maçã.

Enfim, como o que realmente importa nesse caso são números, o fato é que o CIRP – Consumer Intelligence Research Partners (CIRP) relata que no final de outubro (escrevemos aqui no blog) os iPhones 7 e 7 Plus foram responsáveis por 43% de todas as vendas de iPhone no terceiro trimestre dos EUA, mesmo estando disponível apenas nas duas últimas semanas desse período.

Curtiu esse post? Compartilhe com seus amigos!

Por hoje é só, abraço.