Como encontrar iPad (iPhone) roubado ou perdido via GPS.

Olá amigos, o tempo passa e cada vez é mais comum escutarmos de pessoas que tiveram seus iPads e iPhones extraviados ou ainda pior roubados, este tipo de situação infelizmente se está tornando rotineira não somente em nosso país como em todo o mundo.

Os dispositivos da Apple são muito populares e o alto custo dos aparelhos os torna mercadoria de rápida reposição no mercado negro, a maçã sabendo disso foi pioneira e inseriu no iOS um sistema chamado Buscar iPhone, que também funciona nos Macs, iPads e iPod Touch, ideal para encontrá-los quando nós os perdemos ou até mesmo quando eles são roubados.

Quero deixar bem claro que a polícia brasileira está bem treinada para atuar em caso de aparelhos furtados ou roubados, basta você comunicar que o dispositivo pode ser rastreado e eles deverão agir rapidamente para encontrá-lo.

Como achar um iPad roubado?

Primeiramente temos que entender que todo sistema de rastreio via localização precisa de uma conexão com a internet para funcionar, o motivo? É pela internet que os dados são enviados. Ou seja, se você possui um aparelho e ele não está conectado à internet, ele não será rastreado.

Um ponto determinante é o seguinte, aparelhos que estão bloqueados com senha dificilmente conseguirão se conectar à internet, ou seja, manter senha na tela de bloqueio de seu iPad ou iPhone pode ser uma “bola fora”. Considere que a pessoa que o roubar não terá a oportunidade de usá-lo, ou seja, ele não vai conseguir se conectar à internet e dessa forma compartilhar a localização.

A localização é feita via internet, não é feita via GPS. O receptor de GPS do iPhone ou dos iPads 3G / 4G somente ajuda na precisão da localização, mas é via conexão de rede que a informação é enviada aos servidores da Apple.

Outro ponto muito importante a ser destacado é que só o iPad 3G/4G possui GPS, isto mesmo, se você optou pelo modelo somente Wi-Fi não contará com o receptor. Porém, até mesmo o modelo somente Wi-Fi poderá ser rastreado, mas dependerá de alguns fatores extras como o provedor de internet permitir geolocalização.

Centenas de pessoas já foram beneficiadas com o uso do Buscar iPhone / iPad, é um sistema muito funcional e inclusive conhecido pela polícia brasileira, mas, você precisa deixar seu aparelho configurado para que a localização seja possível.

Configuração do Buscar iPhone / iPad em passos:
configuracao-icloud-buscar-iphone-ipad

  • Abra os Ajustes;
  • Toque em iCloud;
  • Ative o Buscar iPhone;

São somente três simples passos para que seu aparelho possa ser rastreado em caso de roubo, furto ou extravio (perda), logo após ter tudo configurado corretamente você terá duas formas de encontrá-lo no mapa, e também uma série de ações que podem ser tomadas, veremos abaixo.

Rastreamento do iPad / iPhone via iCloud.com:

Ao logar em sua conta, clique na opção Buscar iPhone (vale para iPad e Macs também).
Ao logar em sua conta, clique na opção Buscar iPhone (vale para iPad e Macs também).

Caso você somente conte com um aparelho da Apple (aquele que foi perdido ou roubado) será a única solução, deverá ingressar ao site www.icloud.com, fazer o login utilizando as mesmas credenciais do iCloud (configurado no aparelho subtraído ou extraviado) e logo clicar em Buscar meu iPhone.

Clique em Todos os Dispositivos para selecionar o iPad ou iPhone
Clique em Todos os Dispositivos para selecionar o iPad ou iPhone

Lá você visualizará um mapa, contendo informação sobre todos os aparelhos que você possui configurados com esta mesma Apple ID. Toque primeiramente em Todos os Dispositivos, para filtrar o dispositivo em questão (o que você quer encontrar).

Com o aparelho selecionado você poderá saber quando ele foi localizado por última vez, caso o aparelho esteja desconectado (desligado), nível da bateria, entre outras opções.

Com um aparelho rastreado você poderá tomar três importantes ações:

  • Reproduzir um som;
  • Ativar o Modo perdido;
  • Apagar iPhone / iPad;

Vamos ver agora em quais casos devemos usar as opções acima.

Reproduzir som:
É um modo simples em que a partir do momento que você clicar no botão o aparelho emitirá um aviso sonoro, para que você tente localizá-lo, é ideal para quando você o perde em sua casa ou em qualquer lugar onde você estiver. O aviso sonoro lhe ajudará a entender onde o dispositivo ficou e assim poderá encontrá-lo.

Modo perdido:
Para ativar o modo perdido você deverá escolher uma senha de 4 dígitos a fim de não permitir que a pessoa que o encontrou tenha acesso aos seus dados, também poderá adicionar opcionalmente um número de telefone para que a pessoa se comunique contigo (imaginando uma pessoa boa que deseja devolver o aparelho que encontrou).

Telas do Modo Perdido do iPhone e iPad

A tela do aparelho apresentará a mensagem personalizada e também um botão para ligar imediatamente para você (no caso do iPhone), também poderá ser desbloqueado utilizando a chave que você escolhou, ideal para que você retome seu dispositivo sem perder dados.

Apagar iPhone / iPad:
Este é um recurso de última instância, quando você já não tem esperanças de encontrar o aparelho, se você possui informações sigilosas (confidenciais) e não pode correr o risco delas serem acessadas. No caso de sua informação valer mais que seu aparelho, você deverá apagar todo o conteúdo dele imediatamente.

Se você apagar o dispositivo nunca mais poderá rastreá-lo.

apagar-ipad-icloud

Cuidados importantes: Você não deve adicionar uma senha em um iPad somente Wi-Fi ou um iPhone sem plano de dados, o motivo é claro, sem acesso à internet você fica sem o rastreio, portanto, é melhor deixar o aparelho acessível para que isso sirva de “isca” e você consiga o posicionamento dele no mapa.

Outra forma de utilizar todos os recursos acima é baixando o aplicativo especial na App Store.

Buscar Meu iPhone

Buscar Meu iPhone (AppStore Link)
Desenvolvedor: Apple Inc.
Compatibilidade: [iPhone] [iPad]
Categoria: Utilidades › Produtividade
Preço: Grátis
Download na AppStore
* Baixe direto em seu dispositivo iOS

O aplicativo também conhecido como Find my iPhone é gratuito e deve ser instalado em um segundo aparelho (não o perdido no caso) para que você utilize-o a fim de encontrar o aparelho roubado ou extraviado. As funções são muito parecidas à do site do iCloud, inclusive a interface é bastante similar.

IMPORTANTE: Configure restrições!

O passo mais importante de todo o processo de configuração do rastreio de um iPad ou iPhone via GPS ou Wi-Fi é setar uma restrição que vai impedir que o Buscar iPhone / iPad seja cancelado.

Configurando restrições no iPad e iPhone

Para realizar esta tarefa siga os passos:

  • Abra os Ajustes;
  • Toque em Geral;
  • Escolha Restrições;
  • Toque em Ativar Restrições;
  • Escolha uma senha de 4 dígitos;
  • Deslize até Contas;
  • Escolha Não permitir Alterações;
  • Volte às restrições;
  • Encontre Privacidade > Serv. Localização;
  • Escolha Não Permitir Alterações;

Pronto, a partir deste momento o rastreio seu iPad ou iPhone não poderá ser cancelado e você ao menos terá chances de encontrá-lo em caso de roubo ou extravio.

Mais posts sobre segurança e privacidade no iPad:

Considerações Finais

É certo que nem sempre os aparelhos podem ser encontrados, mas quando se trata de algo inesperado quanto mais possibilidades de encontrar seu aparelho melhor, não é mesmo? Acredito que o fato de podermos rastrear o aparelho não deverá diminuir o cuidado que todos devemos ter ao utilizar o iPad ou iPhone, é natural que estes aparelhos despertem desejo, inclusive nos maleantes, que sabem que terão repasse certo e em pouco tempo.

Existem regras básicas que todos devemos ter em consideração, não dar bobeira, não deixar os aparelhos sobre a mesa em colégio / universidade, não tirar os olhos (nem as mãos) deles em locais públicos. Melhor não utilizá-lo no carro com o vidro aberto, e todos os cuidados que a criminalidade atual nos impõe.

Meu conselho é configurar agora mesmo o sistema de busca do iPad e iPhone para que em uma infeliz necessidade você possa contar com isto.

Compartilhe com seus amigos nas redes sociais, são configurações extremamente importantes mas que muitas pessoas não sabem nem mesmo que podem fazer.
Até já.

* Artigo publicado originalmente no dia 12/11/12, editado 30/03/15 com informações atualizadas.

Leia também:

Comentários: